Veganismo

Veganismo é um movimento a respeito dos direitos animais. Por razões éticas, os veganos são contra a exploração dos animais. O boicote a atividades e produtos que são contra os direitos dos animais é uma das principais ações praticadas por quem adere ao movimento. Em 1997, três por cento da população americana anunciou não ter usado nenhum produto de origem animal nos últimos dois anos. Em 2007, dois por cento da população inglesa se declarou como veganos. O número de restaurantes veganos está crescendo, de acordo com o Oxford Companion to American Food and Drink (2007). Tem sido mostrado que pessoas em dietas que incluem comidas de origem animal têm mais probabilidades de terem doenças degenerativas, principalmente doenças cardiovasculares. A Associação Dietética Americana (The American Dietetic Association) e os Nutricionistas do Canadá (Dietitians of Canada) consideram a dieta vegetariana apropriada para todos os estágios do ciclo de vida, embora eles ainda alertem que uma dieta vegetariana mal planejada pode ser deficiente em vitamina B12, ferro, vitamina D, cálcio, iodo, e ácidos graxos ômega 3. Portanto, para atingir a todos os gostos e desejos de nossos clientes, temos +15  variedades de deliciosas pizzas veganas. Venha experimentar e aprovar nossos produtos você...

Conheça um pouco da história do vinho tinto

De acordo com pesquisadores, as primeiras vinhas apareceram a cerca de 7 mil anos. Para os historiadores, a longevidade do vinho e seu crescimento deve-se às características da uva, fruta doce com tendência natural à fermentação, o que leva a crer que, seguramente o homem tenha descoberto o vinho por acaso. A introdução do vinho à cultura ocidental, no que lhe diz respeito, ocorreu principalmente em virtude do destaque que os gregos e os romanos atribuíam a essa bebida. A chegada ao Brasil Os imigrantes italianos começaram a chegar ao Rio Grande do Sul a partir de 1875 e trouxeram consigo videiras, principalmente da região do Vêneto, juntamente com a forte cultura de produção e consumo de vinhos e isso impulsionou a vitivinicultura gaúcha. Embora tenha ocorrido esse aparente sucesso inicial, as videiras finas não se adaptaram ao clima úmido tropical e foram arrasadas por doenças provocadas por fungos. Apesar disso, deu-se continuidade à produção de vinhos utilizando a variedade Isabel, que até então, era cultivada pelos colonos alemães no Vale do Rio dos Sinos e no Vale do Caí. Ainda que de qualidade duvidosa, estendeu-se para outras regiões do país, tornando-se base para a evolução da vitivinicultura no Rio Grande do Sul e em São Paulo. Entretanto, foi somente a partir da década de 1990 que vinhos de maior qualidade começaram a ser produzidos, com crescente profissionalização e a ambientação de uvas finas (Vitis vinífera) ao clima característico da Serra Gaúcha. A região produz hoje vinhos de alta qualidade e satisfação progressiva. Outra região que está em ascensão e destacando-se como produtora de vinhos é o Vale do...

Pizzaria Integrale

A Pizzaria Integrale foi fundada em 2007, já com o propósito de oferecer para nossos clientes sabor e saúde em uma só mordida. Com o passar do tempo evoluímos para atender nosso público vegano, vegetariano e até com dieta de restrição a glúten. Estamos localizados no coração da Vila Madalena, em Pinheiros, São Paulo. Atendemos no salão e também por delivery, nos seguintes bairros; Pinheiros, Vila Madalena, Perdizes, Pompéia, Sumaré, Sumarezinho, Vila Beatriz, Vila Ida, Jardins, Itaim Bibi, Bela Vista, Jardim Paulista, Consolação, Paulista, Higienópolis, Vila Romana, Alto de Pinheiros, Boaçava, Butantã, Vila Indiana, Vila Gomes, Vila Olimpia, Jardim das Bandeiras, Caxingui, Vila Hamburguesa, Vila Leopoldina, Lapa, Jaguaré, Barra Funda, Alto da Lapa, Morumbi, Moema. Caso seu bairro não conste em nossa lista, você pode nos consultar via whatsapp (11)95453-8267 ou por nosso telefone fixo (11)3032-0702/...
História da Pizza

História da Pizza

A pizza ou piza, como se escreve em Portugal, hoje tão disseminada no território brasileiro, é atualmente um elemento fundamental da gastronomia italiana, mas este saboroso prato não nasceu na Itália, como muitos imaginam. Esta iguaria é elaborada com massa fermentada de farinha de trigo, banhada com molho de tomates e revestida de produtos diversos, geralmente alguma espécie de queijo, carnes defumadas ou não, ervas e até legumes e doces, inclusive o próprio sorvete. Por último, um toque de orégano ou de manjericão, e finalmente tudo é conduzido ao forno. Mas nem sempre ela foi assim. A história da pizza tem início há pelo menos seis mil anos atrás, provavelmente entre os egípcios e os hebreus. Ela não era, é claro, como é conhecida hoje, mas apenas um delgado estrato de massa – farinha mesclada com água -, chamado na época de ‘pão de Abrahão’, semelhante ao moderno pão sírio; era também conhecido como ‘piscea’, termo que futuramente derivaria para pizza. Outros estudiosos afirmam que ela era consumida pelos gregos, os quais produziam suas massas com farinha de trigo, arroz ou grão de bico, assando-as depois em tijolos ardentes. Três séculos antes do nascimento de Cristo, os fenícios tinham o hábito de recamar seus pães com carne e cebola; os turcos muçulmanos mantinham a mesma tradição ao longo da Era Medieval; assim, no intercâmbio de valores e elementos culturais entre povos distintos, durante as Cruzadas, esse costume desembarcou na Itália através do porto de Nápoles. No começo da sua trajetória cultural, a pizza contava somente com o acréscimo de ervas da região e do tradicional azeite de oliva, comuns...